Qual a diferença entre Soft starter e Inversor de frequência.




Qual a diferença entre Soft starter e Inversor de frequência.

O soft starter é um dispositivo eletrônico composto por pontes de tiristores (SCR’s) acionadas por um circuito eletrônico, com a finalidade de controlar a tensão de partida do motor, bem como sua desernegização.

Fazendo assim, com que a energização e desenergização do motor sejam suavizadas. O soft starter pode substituir os tradicionais modos de ligação estrela-triangulo, chave compensadora e partida direta.

Com o soft starter é possível também limitar a corrente de partida, evitando assim, picos de corrente. Além de possibilitar a partida e parada suave, e também promover a proteção do sistema.

O soft-starter funciona segundo a redução da tensão de partida, através de deslocamento do ângulo de disparo de uma ponte tiristorizada. Sua função é, apenas e tão somente, controlar o motor no instante da partida. Após isto, a rede elétrica é conectada diretamente ao motor. Todo o processo acontece em 60 Hz.

O soft starter não controla a velocidade, mas permite controlar vários motores através da função Bypass. Esta função tem como finalidade apenas auxiliar na partida do motor, quando o motor chagar na tensão nominal o soft starter deixa de atuar ficando assim livre para auxiliar na partida dos demais motores.

Com soft starter é possível conseguir grandes feitos como por exemplo baixo gasto de energia, proteção contra choques elétricos, e proteção dos componentes.

No inversor de frequência, por outro lado, a rede é retificada, filtrada, e aplicada a uma ponte de IGBTs. Esses são chaveados em frequência de até 16 kHz. Na entrada temos a frequência constante com tensão alternada, e na saída a frequência pode ser variável.

O inversor de frequência controla apenas um motor por vez. No entanto este equipamento controla não somente a partida de motor, mas é capaz de variar sua velocidade de forma que o torque permaneça constante, através do que chamamos curva V/f.

Comumente usados em motores de indução trifásicos, para assim substituir os sistemas de variação de velocidade mecânicos, tais como polias.

O inversor de frequência controla não só a partida, mas também a frenagem, frequência máxima e mínima, monitora a corrente elétrica, além de proteger o motor através da determinação da corrente nominal. Usado também para proteção contra falta de fase e sobrecarga. No entanto, só é possível controlar um motor por vez.





Web Automação Industrial - Assistência técnica Multimarcas.

Há mais de 20 anos o Grupo Web oferece soluções inteligentes em
produtos e serviços para automação industrial.

Somos especialistas em reparar Inversores de Frequência, Chaves de Partida, CLP e Servo-Conversores Multimarcas.


Central de atendimento-(11)2823.7000


0 comentários: