Entenda melhor sobre Soft Starter.




Entenda melhor sobre Soft Starter.

Com a difusão da tecnologia veio a necessidade de equipamentos confiáveis, efetivos e, de preferência, com baixo custo. Por esta razão, atualmente usam-se os microcontroladores na maioria dos dispositivos elétricos.

Com os microcontroladores é possível conseguir grandes feitos como por exemplo baixo gasto de energia, proteção contra choques elétricos, e proteção dos componentes.


No caso do soft starter são usados chaveamento eletrônicos, essas chaves contribuem para a diminuição de corrente de partida, que diminui os choques mecânicos do motor, e consequentemente aumenta a vida útil do mesmo.

Pode-se também utilizar o soft starter em fontes de energia não confiável e/ou fracas.


Principais funções do Soft Starter.

Power On – Led aceso quando o soft starter estiver alimentado
Full voltage – Indica que o motor está sendo alimentado com 100% da alimentação
Start time – determina o tempo de partida, o tempo que o motor levará para ir da Vp (tensão de partida) até Vn (tensão nominal).
Initial voltage – determina o valor de tensão inicial do motor, Vp.
Stop time – Determina o tempo de desligamento (tr) do motor. O tempo que levará para a tensão ir de Vn (tensão nominal) até Vz (tensão de repouso, 0V).

Onde e quando usar o Soft Starter?

Os soft starters são geralmente usados para partidas de motores de indução CA (corrente alternada) tipo gaiola, podendo assim substituir as partidas mais convencionais como as partidas estrela-triangulo, chave compensadora e direta.

É um equipamento eletrônico capaz de controlar a energização do motor no momento da partida, permitindo assim, que o motor tenha a melhor performance possível. E por esta razão o soft starter é comumente utilizado.


Principais aplicações

Bombas centrífugas (saneamento, irrigação, petróleo);
Ventiladores, exaustores e sopradores;
Compressores de ar e refrigeração;
Misturadores e aeradores;
Britadores e moedores;
Fornos rotativos;
Serras e plainas (madeira);

Características principais

Eficiência melhorada: Trabalha da melhor forma possível, fazendo assim que o motor tenha a melhor performance possível.
Energização controlada: A corrente de partida pode ser controlada, alterando assim facilmente a tensão de partida e isto assegura o arranque suave do motor, sem trancos.
Desenergização controlada: O tempo de desligamento do motor é controlado.






Web Automação Industrial - Assistência técnica Multimarcas.

Há mais de 20 anos o Grupo Web oferece soluções inteligentes em
produtos e serviços para automação industrial.

Somos especialistas em reparar Inversores de Frequência, Chaves de Partida, CLP e Servo-Conversores Multimarcas.


Central de atendimento-(11)2823.7000


0 comentários:

Vantagens de utilizar inversores de frequência.




Vantagens de utilizar inversores de frequência.

Motores elétricos são utilizados em uma série de aplicações e muitas vezes há a necessidade de controlar sua velocidade. Existem algumas maneiras de realizar esse controle, sendo que a mais viável delas é a utilização de inversores de frequência. Esses dispositivos permitem a variação da velocidade do motor por um custo baixo, trazendo uma série de vantagens para o sistema. Confira na lista abaixo algumas delas:

 Redução do consumo de energia elétrica

Ao utilizar inversores de frequência para controlar a velocidade de um motor, o consumo de energia torna-se menor em comparação outras formas de realizar a mesma tarefa, como variadores mecânicos, por exemplo.

Evita acionamentos bruscos

O acionamento de um motor através de um inversor de frequência permite a configuração de uma rampa de aceleração, evitando partidas bruscas que possam danificar componentes do sistema como correias, correntes ou até mesmo o produto manufaturado na máquina.

Aumento da vida útil do sistema

Inversores de frequência aumentam a vida útil dos motores elétricos e do sistema como um todo por diversos motivos. Além da já citada rampa de aceleração que evita acionamentos bruscos, existem várias funções de proteção, como por exemplo em caso de picos na rede elétrica.

Baixo custo de manutenção

A manutenção de inversores de frequência é muito simples e barata. Possuir instalações elétricas adequadas e manter a manutenção preventiva em dia permite que o inversor de frequência funcione perfeitamente por muito tempo.

 Automatização de processos

Mais do que controlar a velocidade de motores, alguns inversores de frequência possibilitam a programação de eventos automáticos. Funções de temporização, por exemplo, são muito utilizadas em climatizadores evaporativos e podem ser configuradas diretamente no inversor.



Web Automação Industrial - Assistência técnica Multimarcas.

Há mais de 20 anos o Grupo Web oferece soluções inteligentes em
produtos e serviços para automação industrial.

Somos especialistas em reparar Inversores de Frequência, Chaves de Partida, CLP e Servo-Conversores Multimarcas.


Central de atendimento-(11)2823.7000


0 comentários:

Inversor de frequência escalar e vetorial.





Inversor de frequência escalar e vetorial.

Na busca para otimizar o rendimento de um motor de indução trifásico, foi desenvolvido um dispositivo, o inversor de frequência que, gerando uma tensão, é capaz de controlar a velocidade de rotação do motor.


Apesar de terem a mesma função de um conversor, o inversor de frequência é utilizado especialmente em motores CA, ou seja, com corrente elétrica alternada. Largamente aplicado nas indústrias de diversos segmentos, o uso do inversor de frequência permite a criação de equipamentos específicos pelos projetistas.


Para especificar ainda mais as aplicações do inversor há a variação de inversor de frequência escalar e vetorial para atender às diferentes necessidades dos processos. A estrutura do inversor de frequência escalar e vetorial é basicamente a mesma, porém o inversor de frequência escalar e vetorial se distinguem no quesito relação entre tensão e frequência.


A DIFERENÇA ENTRE OS TIPOS DE INVERSORES


Nos casos de inversor de frequência escalar e vetorial, o tipo escalar é usado em tarefas mais simples e tem a lógica do controle de velocidade regulada pela relação tensão-frequência constante. Enquanto o tipo vetorial é mais complexo, pois conta com algoritmos inseridos no software de controle que irão alterar a relação entre tensão e frequência para ajustar o torque, conforme a necessidade.


Portanto, o principal ponto de diferença entre inversor de frequência escalar e vetorial é a capacidade de inversão e, por isso, o inversor de frequência vetorial é usado em aplicações que exigem grande nível de precisão.



Web Automação Industrial - Assistência técnica Multimarcas.

Há mais de 20 anos o Grupo Web oferece soluções inteligentes em
produtos e serviços para automação industrial.

Somos especialistas em reparar Inversores de Frequência, Chaves de Partida, CLP e Servo-Conversores Multimarcas.


Central de atendimento-(11)2823.7000


0 comentários:

IHM com CLP na automação industrial.




IHM com CLP na automação industrial.


Toda a funcionalidade de um CLP DELTA e de uma IHM DELTA, agora integrado em um só produto. Os controladores integram entradas, saídas e interface amigável na versão texto, com 4 linhas e 17 teclas com funções programáveis ou na versão Touch Screen no tamanho 7.


Em ambos modelos, o software de programação é gratuito e segue a linguagem ladeer. O modelo Touch oferece mais recursos com entradas e saídas analógicas de series, na resolução de 12 Bits e ainda entrada para sensores PT100.


A comunicação serial é MODBUS ASCII/ RTU com 02 portas: COM1 e COM2 disponibilizada com saída RS485.  A programação é feita por meio de uma Porta de Comunicação USB. Alimentação 24VDC.


As vantagens para aplicar uma IHM com CLP incorporada.


Melhor relação custo x beneficio
Economia de cabeamento
Quantidade de opções de E/S deixa o projeto mais enxuto
Flexibilidade de Programação
Softwares gratuitos
Permite expansão através de REMOTAS RS-485




Web Automação Industrial - Assistência técnica Multimarcas.

Há mais de 20 anos o Grupo Web oferece soluções inteligentes em
produtos e serviços para automação industrial.

Somos especialistas em reparar Inversores de Frequência, Chaves de Partida, CLP e Servo-Conversores Multimarcas.


Central de atendimento-(11)2823.7000


0 comentários:

Soft starter.




Soft starter.

Quando um motor trifásico entra em funcionamento, utilizando sua partida direta, há um aumento significativo no nível de corrente, que é denominada corrente de pico (Ip). Essa corrente pode ser bem elevada, chegando a ser 8 vezes maior que a corrente nominal do motor, podendo prejudicar equipamentos eletrônicos da instalação que sejam sensíveis a variações de tensão e até mesmo prejudicar as bobinas do motor. Assim a utilização de equipamentos diferenciados para controlar a partida pode ser a melhor escolha para a diminuição deste efeito.

Para a minimização desta corrente são utilizados métodos que fazem a partida indireta, sendo os principais a partida estrela/triângulo, compensação por autotransformador e a utilização de um soft starter. O último citado é um equipamento eletrônico que é bastante versátil e elimina a aplicação das primeiras formas citadas, pois seus circuitos eletrônicos fazem o papel dos dois métodos.

O funcionamento de um soft starter, se da através de uma ponte tiristorizada (componentes semicondutores), que fazem o chaveamento da tensão para que ela possa ser disponibilizada para o motor de forma crescente, ou seja, irá aumentar gradativamente, garantindo uma partida suave e sem a presença da corrente de pico.

Este chaveamento feito pela ponte é controlado através do sistema de controle e disparo, que é um modulo onde é possível realizar as programações desejadas por meio de parâmetros, que são identificados um a um pelo fabricante e disponibilizadas em um manual.

Além da diminuição do Ip, este equipamento garante vários outros benefícios quanto ao trabalho do motor trifásico.

O processo de desligamento também pode ser feito de forma decrescente.
Detecção de falta de fase do motor, e funcionamento com apenas duas fases.
Conjugado de partida;
Parada por corrente contínua;
Proteção contra sobrecarga;
Contenção do nível de corrente.
Economia de energia.
Proteção contra sobreaquecimento;


Estas características do soft starter são de grande ajuda quando é necessário impor certas definições diferenciadas para um processo.

É possível se obter uma economia de energia, pelo fato de a maioria desses equipamentos possuírem um circuito que diminui a tensão para aqueles processos onde se utiliza apenas 50% da potência do motor, pois diminui a perda de energia por calor, como também utiliza apenas a energia necessária para tal atividade.

Este equipamento pode ser usado em diversas aplicações, aqui citamos algumas destas utilizações:

Bombas centrífugas (saneamento, irrigação, petróleo);
Ventiladores, exaustores e sopradores;
Compressores de ar e refrigeração;
Misturadores e aeradores;
Britadores e moedores;
Picadores de madeira;
Refinadores de papel.



Web Automação Industrial - Assistência técnica Multimarcas.

Há mais de 20 anos o Grupo Web oferece soluções inteligentes em
produtos e serviços para automação industrial.

Somos especialistas em reparar Inversores de Frequência, Chaves de Partida, CLP e Servo-Conversores Multimarcas.


Central de atendimento-(11)2823.7000


0 comentários: